"Isso não é tão mau, logo vai melhorar."


"Houve uma vez um certo Jó, que ficava sentado num monte de esterco, tinha perdido tudo e estava coberto de chagas . Quando seus amigos souberam disso vieram consolá-lo. Sabe o que fizeram? Sentaram-se a uma certa distância e durante oito dias não pronunciaram uma única palavra. eram amigos dotados de força.

Terapeutas o teriam provavelmente visitado e lhe teriam dito: "Isso não é tão mau, logo vai melhorar." - ou coisas semelhantes. ISSO NÃO FAZ JUSTIÇA A GRANDEZA DA DOR. A tentativa de suavizar com palavras não faz justiça a grandeza da dor. "*

No intuito de ajudar, cada pensamento de preocupação que temos de alguém com problemas, nutre sobre ele uma imagem de compaixão, quando não de dó. E isso lhe dá forças? Ou lhe retira forças?

Parece-nos que precisamos manter a pessoa com dificuldades no nosso campo mental, para considerarmos que a estamos ajudando, que estamos presentes para ela.

Hellinger nos traz uma propositura audaciosa: "Esqueça a pessoa!" Entregue-a a sua própria força. Cada preocupação alimentada em torno da pessoa, tira sua força. O respeito maior por ela constitui em esquecê-la, e confiá-la a sua alma. Esta é a maior sintonia que posso experimentar com a pessoa. E nos meus pensamentos posso vê-la adiante, no futuro, com o sentimento de superação e resolução de sua questão, assim como é possível a ela. Não a mim, Esta postura requer força. Preocupar-se é mais fácil.

Outra coisa pode ser dita sobre problemas: Aceitação.

Aceitar a incapacidade em resolvê-los.

Aceitar a impotência em modificá-los.

Permitir, de olhos abertos, que esse sentimento de impotência percorra todo seu corpo, dando espaço a toda a dor que vem disso. Ficar consciente de toda frustração que se sinta por uma situação ou relacionamento, e então aceitar a situação ou a relação assim como é.

Finalmente, renunciar a velhas imagens de solução.

Então, seus pensamentos ganham uma nova qualidade.

Se experimenta uma leveza, a tempos não sentida, e nova força.

* Hellinger, Bert. As Ordens do Amor. Cultrix, 2007.

-----------------------------

A autora é facilitadora e ministra cursos de Constelação familiar

São Paulo

Londrina

Palhoça

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2023 por Nome do Site. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Pinterest ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon