Nossos pés e as raízes

 

Não a toa , escolhi esta foto ao lado para inaugurar este site. Pra seguir o futuro, é preciso reverenciar o passado, reconhecer nossas raízes. 

Certa vez, em um seminário, nós, participantes fomos convidados a olharmos nossos pés: o tamanho, formato, cor, os dedos. Firmamos os pés no chão, expandimos nossos dedos, e nos sentimos enraizados, como se aprofundássemos para dentro da terra. 

Nesta imagem dos pés, podemos perceber que nossas raízes são nossos ancestrais - os que vieram antes; os que semearam a terra, nos gestaram, nos pariram, nos nutriram, fizeram como fizeram, prepararam um caminho.

Quanto caminhar, quanto sorrir e sofrer, quanto ganho e quanta perda. E este caminho chega até nós, como presente.

Acolhemo-no INTEGRALMENTE, assim como é.

E assim, nutrido da força de que veio antes de mim, estendo minhas mãos a frente. E sonho. Estou lá, no que ainda vem, e estou aqui, neste lugar seguro (meu campo familiar) como numa leminiscata, num oito horizontal, transito nas possibilidades ao que o futuro me aponta e me alimento da força da minha ancestralidade, pra de novo, buscar adiante.

Se aceito tudo como é, e todos como são, isso ME FORTALECE. Se excluo, julgo, apenas lamento, isso me prende, me enfraquece. 

 

E como fazer este caminho de aceitar tudo e todos? Pela compreensão do pano de fundo desses caminhos.

E aqui o meu convite, de sermos caminho e caminhada no encontro dessas compreensões.

Sejam bem vindos caminhantes!

© 2023 por Nome do Site. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Pinterest ícone social
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon